É preciso fazer mais com menos, diz Levy a varejistas

É preciso fazer mais com menos, diz Levy a varejistas

Em encontro com empresários, ministro da Fazenda pede união de esforços para que economia se recupere

SOFIA FERNANDES
DE BRASÍLIA

Este é um ano de ajustes, em que será preciso fazer mais com menos. Esse foi o recado dado pelo ministro Joaquim Levy (Fazenda) a gigantes do varejo, durante reunião a portas fechadas na tarde desta quinta-feira (12).

Segundo Luiza Trajano, do Magazine Luiza, Levy traçou um cenário em que será preciso melhorar a produtividade para que a economia se recupere e pediu apoio das empresas. “Precisamos unir esforços”, afirmou o ministro na reunião, de acordo com nota de sua assessoria.

Participaram da reunião 22 representantes de empresas como Avon, Walmart, Novo Mundo, Carrefour, Livraria Cultura, Lojas Americanas e as redes de farmácias Droga Raia e Drogasil.

“O setor varejista brasileiro é um dos maiores do mundo. É o que mais emprega e com certeza pode ajudar muito a criar um ambiente melhor para ajudar a trazer mais investimentos e a retomada do crescimento da nossa economia”, disse Levy.

Os varejistas se comprometeram a incentivar seus clientes a poupar água e energia, depois de o ministro afirmar que, se cada casa diminuir em 2% o consumo, “vai ajudar muito”, segundo o relato de Trajano. “Mas o ministro não recomendou nada.”

“A gente sabe que tem uma linha direta com consumidor e que podemos ajudar com economia de energia”, disse a empresária, que é presidente do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV).

Os varejistas mostraram apoio ao pacote de medidas para cortar gastos e elevar as receitas do governo, mas reclamaram da burocracia no país, que, segundo eles, suga até 3% do faturamento das empresas.

“Há pouco espaço de manobra para grandes generosidades, mas há a questão do ambiente de negócios, que tem impacto na competitividade”, disse Flávio Rocha, presidente da Riachuelo, citando excesso de burocracia e a complexidade da legislação tributária como entraves.

Um dos pedidos do setor no sentido de reduzir burocracia e custos é a redução do tempo para abertura de uma grande empresa no país, que hoje é de 102 dias.

ANO RUIM

A reunião de Levy com os empresários aconteceu um dia depois de o IBGE divulgar que as vendas do varejo cresceram 2,2% no ano passado, o menor avanço em 11 anos.

O ano passado também foi difícil para a indústria, que teve um tombo de 3,2% na produção, o pior resultado desde 2009.

Para este ano, economistas consultados pelo BC preveem que o PIB vai ficar estagnado, mas, no pior cenário, há analista que estima retração de 1,7% –o mais otimista aposta em alta de 1%.

Fonte: Folha de S.Paulo

Deixe seu comentário

Sobre

A Academia Brasileira de Marketing é uma iniciativa e propriedade intelectual do Madiamundomarketing, idealizada no final dos anos 90, e institucionalizada em março de 2004.

Parceiro

ABRAMARK

ABRAMARK
Drug Synthroid Online (Levothyroxine) is used for treating low thyroid hormone levels and certain types of goiters. Abilify (Aripiprazole) is used for treating agitation caused by schizophrenia or bipolar disorder, depression. Click to see full text here:
Acquistare Cialis here.
>